Malagueña Salerosa + viagem ao México!

Olá, pessoal!

O post de hoje é uma dica de música e também um relato de viagem rs.

mexico_yucatanDessa vez, estive no México, mais precisamente na Península de Yucatan (aquela região onde fica Cancun). Passei por Isla Mujeres, Valladolid, Chichén Itzá, Ek’Balam, Playa del Carmen, Tres Reyes e Tulum. Mas é um pedacinho tão pequeno do país, que seria como um estrangeiro visitar algumas cidades da Bahia e dizer que “já conhece” o Brasil rs. Por isso, adianto: o México vale outra visita rs.

E como eu estava por lá, não quis deixar de gravar um vídeo dançando uma música inspirada na viagem! Mesmo sem ter muita relação com a região visitada, escolhi Malagueña Salerosa, ou apenas La Malagueña, já que muita gente gosta de fazer interpretações de dança cigana artística com a versão da banda Chingon. Então vou contar um pouquinho sobre o México para explicar a história da música 😉 .

imperios_mexicoMéxico é um país de grande extensão, e, como o Brasil, tem uma cultura muito diversificada, herdeira principalmente dos povos indígenas pré-colombianos e dos colonizadores espanhóis. Os dois principais impérios que dominaram a região antes dos espanhóis foram os Astecas, que ocupavam a região central do que hoje é o México, e os Maias, que estavam mais na Península de Yucatan e em regiões que hoje são outros países, como Honduras, Guatemala e El Salvador. Ou seja – eu visitei apenas a área Maia.

Já a canção Malagueña foi composta no estilo Huapango, tradicional da região Huasteca (que era dominada pelos Astecas). Foi gravada pela primeira vez em 1939 pelo Trio Los Rancheros, mas acredita-se que teve como inspiração várias canções de domínio público. Fala sobre um homem apaixonado por uma mulher de Málaga, Espanha, mas que compreende que ela não o queira por ele ser pobre. Era um tema comum, já que os indígenas (diga-se: o povo dos impérios Maia e Asteca) foram escravizados e seus descendentes se tornaram pobres, e havia grande preconceito por parte dos brancos descendentes de espanhóis. No entanto, a letra diz “eu não te ofereço riqueza, te ofereço meu coração”.

enamoradaA música se tornou famosa em 1946 como trilha sonora do filme “Enamorada”. A trama se passa durante a Revolução Mexicana (1910-1920), quando uma tropa zapatista toma a cidade de Cholula. Após confiscar os bens dos ricos da cidade, o bruto general Reyes se apaixona pela bela, rica e mimada Beatriz Peñafiel, filha do homem mais poderoso da região. Para demonstrar seu amor, o general leva o Trio Calaveras para fazer uma serenata, algo muito comum na época. Do inicial desprezo pelo revolucionário, aos poucos Beatriz muda sua postura. A produção foi um sucesso e Enamorada é considerado um dos melhores filmes mexicanos até os dias de hoje. (E só pra constar, adorei  e recomendo rs). E o filme ajudou a transformar La Malagueña em uma das canções mais representativas do México de todos os tempos. 

Malaguena Salerosa

Jesus Helguera

Mas a música também se popularizou por outros filmes: em 1959, Miguel Aceves Mejía a cantou em Amor se dice cantando, praticamente repetindo a cena original. Três anos depois, ele a interpretou novamente em “Los 5 halcones. Antonio Banderas dedilhou em “Once upon a time in Mexico” (2003), e ela se tornou extremamente famosa na versão da banda Chingon para o filme Kill Bill 2 (2004). Entre vários intérpretes que já gravaram a canção, estão o Trío Los Panchos (1945), Trio Triacuri (1951), Paco de Lucía (1967), Plácido Domingo (1999) e até Chitãozinho & Xororó (2006).

No vídeo abaixo, danço a canção durante minha viagem. Também compartilho com vocês alguns lugares visitados. Espero que gostem 🙂 . Eu adorei 😛 .

Brigitte Angel

Anúncios

2 comentários sobre “Malagueña Salerosa + viagem ao México!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s