Dica de música: El muerto vivo

Após quase dez anos longe da música para dedicar-se à Igreja Evangélica de Filadélfia, por fim em 1991 Peret voltou a gravar e retornou aos palcos. Talvez pela idade ou pelos anos distante de sua arte, o disco estava ainda tímido. Mas foi por pouco tempo. Aquele que era para ser um álbum de despedida de carreira tornou-se o oposto. Peret tomou gosto novamente pela Rumba Catalana e fez novas canções e novos shows, ajudando a renovar o estilo musical que criou. Inseriu mais elementos cubanos, como os metais, incluiu outras sonoridades e fez novas parcerias, como com a cantora Marina, da banda contemporânea Ojos de brujo

A música fruto desta parceria foi a releitura de uma canção interpretada por Peret ainda nos anos 1960. A música “El muerto vivo” foi gravada originalmente pelo colombiano Guillermo González Arenas em 1965 e por Peret em estilo flamenco poucos anos depois. A canção fala de um homem que recebeu um dinheiro e saiu para beber. Após dias fora de casa, a família pensou que estava morto e lhe fez até um velório. Mas um dia ele reaparece e todos descobrem que ele não estava morto. Em 2009, Peret fez uma nova versão e mostrou novamente sua força sonora e a canção tornou-se uma metáfora de sua própria trajetória, já que sempre reaparecia com novidades.

Porém, em 2014 já aos 79 anos, Peret foi acometido por um câncer e faleceu, para tristeza de sua família, amigos e fãs. No velório, no entanto, o pai da Rumba Catalana foi lembrado com alegria, e todos cantaram “El muerto vivo”, lembrando que ele continua vivo.

Brigitte Angel

El Muerto Vivo
A mi amigo Blanco Herrera le pagaron su salario
Y sin pensarlo dos veces salió para malgastarlo
Una semana de juerga y perdió el conocimiento
Como no volvía a su casa todos le daban por muerto

Y no estaba muerto no, no, y no estaba muerto no, no,
Y no estaba muerto no, no, estaba tomando cañas, lerelele

Pero al cabo de unos días de haber desaparecido
Encontraron uno muerto, un muerto muy parecido
Le hicieron un gran velorio y le rezaron una novena,
Le perdonaron sus deudas y lo enterraron con pena

Y no estaba muerto no, no y no estaba muerto no, no,
Y no estaba muerto no, no, estaba tomando cañas, lerelele

Pero un día se apareció lleno de vida y contento,
Diciéndole a todo el mundo eh! se equivocaron de muerto
El lío que se formó eso sí que es puro cuento,
Su mujer ya no lo quiere, no quiere dormir con muertos

Y no estaba muerto no, no, y no estaba muerto no, no,
Y no estaba muerto no, no, lerelele lerele

No estaba muerto, estaba de parranda

Anúncios

Um comentário sobre “Dica de música: El muerto vivo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s