Dica de música: Rumba Gitana

Em meados do século XIX, uma das bases do flamenco moderno viajou para Cuba e ali recebeu influência da cultura afrocubana, criando um novo ritmo chamado rumba. Era uma dança alegre e profana, que logo se tornou popular.

Ao retornar para Espanha, foi refinada, passando a se chamar rumba flamenca. Na década de 1950, ela recebeu novas influências dos ciganos de Barcelona, cidade da Catalunha, que criaram a rumba catalana, também chamada rumba gitana. Esse é o estilo musical mais conhecido da Dança Cigana no Brasil. Aqui, no entanto, a dança artística sofreu novas influências de movimentos e figurino.

A dica que apresento hoje é a música Rumba gitana si, do espanhol Manuel Lopez Ruiz. Nascido em uma família de músicos, aos 17 anos Manuel começou a tocar em um restaurante. Aos 20, iniciou uma turnê como músico profissional, sendo chamado de “el chachi“, que em espanhol significa “o estupendo”.

Espero que gostem!

Brigitte Angel

Rumba Gitana Si
(Manuel “el chachi”)

No se que me pasa,
estoy loco por tu amor
Pasa el tiempo y no me entero,
ya no canta el ruiseñor.

No se que me pasa,
hace tiempo estoy notando
Que la quiero con locura,
pero ya no me hace caso.

Rumba gitana si, rumba gitana pa,
Ay rumba gitana si, rumba gitana pa,
Rumba gitana si, ay rumba gitana pa,
Rumba gitana si, rumba gitana pa.

No se que me pasa,
que recuerdo yo tus besos
Y la noche va llegando,
solo vivo en tus deseos.

No se que me pasa,
pues yo sigo enamorado
Y no se lo que daria,
por tenerte yo a mi lado.

Anúncios

7 comentários sobre “Dica de música: Rumba Gitana

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s