Petit Lenormand, o Baralho Cigano

Os ciganos são conhecidos pela sua sabedoria nas artes divinatórias. No entanto, não existe um baralho cigano propriamente, mas adaptações e maneiras ciganas de se usar os oráculos. Entre eles, o principal, que ficou conhecido como “Baralho Cigano”, tem suas origens no século XVIII.

Marie Anne Adelaide Lenormand nasceu na cidade francesa de Alençon, 1772. Desde pequena, mostrou interesse pelas artes divinatórias. Adulta, tornou-se uma cartomante muito popular e teve clientes de classe média, alta e pessoas influentes como Napoleão, Robespierre e Luís XVIII. Conhecia Astrologia, Mitologia, Cabala, Tarô, Numerologia, Alquimia. Utilizava flores, ervas e talismãs em seu jogo de cartas.

Em 1828, Mademoiselle Lenormand publicousybille seu primeiro baralho, “La Sybille des Salons”, que tinha 52 cartas e às vezes mais duas, que representavam o homem e mulher principais da leitura. Como esse baralho era complexo e de difícil compreensão, foi redesenhado pelo famoso desenhista Grandville e publicado com o mesmo nome em 1840, pela Grimaud de Paris. Trata-se de uma versão reduzida, com 32 cartas. Por volta de 1850, foi totalmente alterado em comparação à edição original e publicado com o nome “Le livre du destin”. Outra versão foi publicada pela Grimaud em 1870, mas com 36 cartas, sob o título “Le Petit Cartomancièn”, e que ficou conhecido como “Petit Lenormand”. Esta versão trazia o significado positivo e negativo de cada naipe.

Com a morte de Lenormand, em 1843, muita de sua sabedoria se perdeu. Somente cinquenta anos mais tarde, alguns de seus manuscritos foram recuperados por ciganos. Eles se apropriaram do oráculo, tornando-o uma de suas principais artes mágicas, um meio de troca que lhes permitia conseguir algum dinheiro.

Como os ciganos usavam apenas o que era deles e recusavam tudo o que vinha dos Gadjos (não ciganos), já que não queriam ficar “presos” às ideias e símbolos que não pertenciam à sua cultura e cotidiano, eles transformaram os desenhos, mudaram alguns significados do baralho original e assim puderam trabalhar com um instrumento próprio. Basicamente, as cartas do Baralho Cigano (que também é chamado de Petit Lenormand) trazem imagens de elementos que faziam parte da vida dos ciganos nômades, como a vida ao ar livre, a natureza, rios, árvores, animais etc.

Uma das edições do Petit Lenormand ou Baralho Cigano.

Uma das edições do Petit Lenormand ou Baralho Cigano.

As cartas do Baralho Cigano contêm Arcanos Maiores e Menores, que são suprimidas em algumas versões. Os Arcanos Maiores são as figuras na parte inferior do baralho, que simbolizam o nosso aprendizado e as questões mais complexas que precisam ser trabalhadas internamente. Elas nos trazem a consciência do momento que estamos vivenciando. Os Arcanos Menores trabalham o inconsciente coletivo, nossos padrões mentais e crenças, e são estudados com o auxílio das cartas dos Arcanos Menores do Tarô.

As respostas desse baralho são muito diretas. Para mim, funciona quase que como um diálogo. Embora a leitura dos significados já traga muitas informações, o estudo aprofundado das cartas e desenvolvimento da intuição podem torná-lo ainda mais esclarecedor.
Brigitte Angel

***

Ao longo de 2013, as alunas de dança cigana terão oportunidade de conhecer um pouco mais o Baralho Cigano, suas cartas, significados e o desenvolvimento da intuição.

Anúncios

3 comentários sobre “Petit Lenormand, o Baralho Cigano

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s