Ciganos ursari

Gypsy bearOs Ursari formam um clã cigano do Leste Europeu de origem nômade, numerosos na Romênia, Moldávia, Bósnia e Bulgária, mas também presentes na Itália, França, Alemanha e Grécia. Como em vários outros clãs, a denominação reflete a atividade do grupo – Ursari significa “condutores de ursos”. Apesar de serem domadores de animais selvagens, os Ursari são considerados um povo tranquilo e amigável, que gosta de música e dança e se dá bem com outros clãs. Em sua maioria são cristãos ortodoxos e, na Romênia, chegaram a traduzir o Novo Testamento para seu dialeto local.

Originalmente, vieram de grupos de ferreiros, assim como os Kalderash (conhecidos pela produção de caldeirões), treinadores de animais e artistas. Durante o século XIX, eles ficaram conhecidos por capturar grandes ursos marrons que vagueavam próximos às cidades e treiná-los para apresentações nas feiras públicas. Os ursos eram ensinados a caminhar em posição ereta e executar truques, como andar apoiados em bengalas e rolar, além de fazer movimentos de dança com um pandeiro. Com o tempo, muitos Ursari se juntaram aos circos, aprimorando as apresentações.

Ursari_ Nicolae IonescuO uso de barras de ferro e anéis no nariz, assim como outras práticas no processo de domesticação dos ursos, fez aumentar a atenção dos protetores dos animais, levando críticas aos Ursari já a partir de 1920, quando a Alemanha proibiu o comércio de animais com esse grupo. As críticas chegaram até o Leste Europeu, onde foram proibidos de fazer suas apresentações em diversas cidades. Para se adaptar à nova realidade, muitos circenses se vestiam com peles de ursos para fazer suas apresentações. Atualmente, além de trabalhar em circos, muitos deles se tornaram músicos, usando instrumentos feitos com ossos e chifres de animais, e outros se tornaram ferreiros e curandeiros. Os grupos se tornaram menores, mas a língua e os costumes foram preservados.

Fantasia ursari_Em diversas festas folclóricas ainda encantam a população mostrando as tradições antigas através de encenações. Enquanto os “domadores” usam roupas coloridas adornadas com sinos, outros se vestem de ursos e dançam ao som dos pandeiros ou simulam brigas. As fantasias podem ser feitas de pelúcia ou com pele de urso… Mas esta não é uma invenção recente. É uma tradição milenar dos povos agrícolas da Romênia vestir-se de urso e dançar no Ano Novo. Na interpretação, o urso morre e ressuscita, evocando o tempo de renovação, o novo que toma o lugar do antigo.

Brigitte Angel

Anúncios

Um comentário sobre “Ciganos ursari

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s