Porque Filhas do vento

Os ciganos são chamados de “Filhos do Vento” devido à sua liberdade e por estarem presentes em todas as partes do mundo. Mas não são considerados livres apenas por seu nomadismo. São também livres em relação às nacionalidades e aos padrões sociais.

De sua origem pouco se sabe, pois além de nômades, são um povo sem escrita, e por isso, não há registros próprios – apenas daqueles que os observavam, com admiração, medo ou raiva.

Também não se sabe o nome original desse povo. Sabe-se apenas que ao se espalharem pela Europa, foram erroneamente considerados como vindos do Egito, e por isso foram chamados de “egiptanos”, dando origem a “gitanos”, em espanhol. Em inglês são conhecidos como “gypsy”, também de “egyptian”, e em húngaro “egyptener”.

Entre as pesquisas mais aceitas sobre a origem, estão aquelas que estudaram o idioma por eles falado, o romani. Foram descobertas muitas semelhanças entre o romani e dialetos da região da Índia. Comparando a evolução do romani e do hindi, pesquisadores descobriram que tribos se deslocaram do centro da Índia para o noroeste em meados do século III aC. Permaneceram ali até cerca de 1200, desenvolvendo estudos de astrologia, metalurgia, além de aprimorar conhecimentos como a cartomancia e a quiromancia, artes nas quais se tornaram especialistas.

Ainda segundo os estudos, um grupo de ciganos teria deixado a Índia em direção à Pérsia e passou pelo Egito. A partir do século IX, as tribos iniciaram sua dispersão, sendo nessa época reportada a presença deles no Irã. Permaneceram muito tempo ali e no Império Bizantino, principalmente na Grécia, de onde teriam se espalhado por toda a Europa. Afirma-se que um grupo foi para o norte da África, chegando até a Espanha. Há outra teoria que afirma que os ciganos chegaram à Espanha atravessando os Pireneus. Em 1500, já haviam se estabelecido em todos os países, inclusive na Rússia.

Na Idade Média, durante a Inquisição, os ciganos foram perseguidos em praticamente todos os países da Europa, acusados de feitiçaria e bruxaria. Foram expulsos ou deportados da Europa, e em 1574, foram mandados para a África e para o Brasil.

Assim como os judeus, houve tentativas de unificar o povo cigano em uma nação, mas todas falharam, pois a diversidades de grupos e clãs ciganos impede que sejam submetidos a apenas um reino.

De tudo isso, o mais curioso é que no início de sua dispersão, os ciganos estavam fixados em uma rica região da Índia, com água e alimentos abundantes. Por que teriam saído em busca do mundo? Isso, estudo nenhum revelou.

Há algum tempo li um conto, que forma um belo mito para esse povo tão cheio de mistérios. cigana rosa dos ventosFala sobre as saias das ciganas, que se movimentam como o vento, a rosa que levam em seus cabelos e a partida desse povo, tão misterioso e tão efêmero. Fala mais ou menos isso:

Um marinheiro naufragou próximo a uma praia, onde estava um grupo de ciganos. Ficou impressionado com a alegria do povo em festa e com a dança das mulheres, que movimentavam suas saias como o vento. Apaixonou-se por uma bela cigana, com a qual dançou durante toda a festa. Ao acordar, percebeu que os ciganos partiram, e ao seu lado estava apenas a rosa vermelha que a cigana levava nos cabelos. Com a flor nas mãos, sentiu um vento forte que passou e derrubou a rosa na areia, que se despetalou. As pétalas no chão formavam um desenho lindo,  que parecia um mapa, mas sem direção única. Antes que o vento desfizesse o desenho, o marinheiro o copiou. rosa dos ventosDisposto a encontrar a cigana, o marinheiro usou o desenho para se orientar, e ao desenho deu o nome de rosa dos ventos.

Era a rosa da cigana, filha do vento.

Brigitte Angel

História original:

http://cemmilhoras.blogspot.com.br/2011/09/pequena-historia-da-rosa-dos-ventos.html

Anúncios

2 comentários sobre “Porque Filhas do vento

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s